Pesquisar este blog

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Neste sábado, bicicletada do Dia Mundial sem Carro


O Dia Mundial Sem Carro ocorre todo dia 22/09 e é um movimento que começou em 1998 na França, se espalhou logo por algumas cidades da Europa nos últimos anos do século 20, e desde então vem se espalhando pelo mundo, ganhando a cada edição mais adesões nos cinco continentes. Trata-se de um manifesto/reflexão sobre os gigantescos problemas causados pelo uso intenso de automóveis como forma de deslocamento, sobretudo nos grandes centros urbanos, e um convite ao uso de meios de transporte sustentáveis - entre os quais se destaca a bicicleta. 

Em Maringá a ciclopasseata ocorrerá em comemoração ao Dia mundial sem Carro pelo terceiro ano consecutivo. 

SERVIÇO:
Bicicletada em Maringá. 
Concentração e saída da praça da catedral de Maringá, as 09h30.


Venha! Convide seus amigos.
Todo mundo é bem vindo.
-----------------------------------------------------------------------------------------


BICICLETADA - QUE É?


A Bicicletada (www.bicicletada.org) é uma ciclo-passeata pacífica em que os ciclistas reivindicam seu espaço nas ruas, o cumprimento do Código de Trânsito e divulgam o uso da bicicleta como meio de transporte.
É a versão brasileira da "Massa Crítica" (http://criticalmasshub.com), protesto que acontece em várias cidades ao redor do mundo e que teve início há 10 anos em São Francisco.

Objetivos, Motivações
No Brasil, o Código de Trânsito traz uma série de artigos que regulamentam o uso da via pública pela bicicleta e determinam normas de segurança, como a obrigatoriedade de o motorista guardar 1,50m de distância ao ultrapassar o ciclista.

Porém essas normas não são cumpridas, muitas vezes por falta de informação por parte dos motoristas, muitas vezes por absoluto descaso das autoridades de trânsito com os ciclistas.
Por outro lado, freqüentemente o próprio ciclista não conhece seus direitos e deveres no trânsito e não consegue estabelecer uma convivência segura com os outros veículos.
A Bicicletada luta para virar esse jogo.

Organização da bicicletada
A Bicicletada não é vinculada a qualquer entidade ou empresa. É organizada e realizada pelos seus participantes. Não tem líderes ou guias e não impõe regras. É uma manifestação espontânea em que todos são responsáveis pela organização e condução da passeata. As discussões ocorrem em listas e reuniões.

Como é a Passeata
O trajeto das passeatas é variado, mas todas as passeatas têm a característica de serem passeios leves, em baixa velocidades, de maneira que todas as pessoas interessadas possam acompanha-la, mesmo que não tenha um bom preparo físico.
Em Maringá a bicicletada ocorre esporadicamente desde 2010. As discussões ocorrem em grupos no facebook. 

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

22 de setembro - Dia Mundial sem carro

Olá!
Dia 22 de setembro  (sábado) comemora-se o dia Dia Mundial sem carro.

Esse da é celebrado todo ano em vários lugares do planeta. 
Segundo o blog moutain bike BH,  trata-se de um manifesto/reflexão sobre os gigantescos problemas causados pelo uso intenso de automóveis como forma de deslocamento, sobretudo nos grandes centros urbanos, e um convite ao uso de meios de transporte sustentáveis - entre os quais se destaca a bicicleta.

A data foi criada na França, em 1997, sendo adotada por vários países europeus já no ano 2000.

Maringá, pelo terceiro ano consecutivo irá fazer uma ciclopasseata pacífica para comemoração deste dia.
Então deixe seus pneus em casa e venha pedalar com a gente!
A concentração e saída será na praça da Catedral, as 09h30 da manhã. 





sexta-feira, 9 de março de 2012

Bicicletada Nacional - em Maringá que rolou terça feira.

No dia 02/03/2012 três ciclistas morreram após serem atropelados nas cidades de São Paulo, Brasília e Belém. Nas duas primeiras cidades os ciclistas foram atingidos por um ônibus e na última por um caminhão.

Devido estas mortes, ciclistas de mais de 35 cidades do Brasil se mobilizaram para uma Bicicletada Nacional. Em Maringá mais de 70 pessoas pedalaram pela paz e respeito ao ciclista.

A Bicicletada (www.bicicletada.org) é uma ciclo-passeata pacífica em que os ciclistas reivindicam seu espaço nas ruas, o cumprimento do Código de Trânsito e divulgam o uso da bicicleta como meio de transporte.


O ciclista e participante da bicicletada,  Adriano Gabriel, montou um vídeo sobre a ciclopasseata:



Quer saber  mais sobre a bicicletada em Maringá?
biciculturamaringa@groups.facebook.com

segunda-feira, 5 de março de 2012

Bicicletada Nacional - terça feira 19h00 (dia 05/03/2012)

No dia 02/03/2012 três ciclistas morreram após serem atropelados nas cidades de São Paulo, Brasília e Belém. Nas duas primeiras cidades os ciclistas foram atingidos por um ônibus e na última por um caminhão.

Na terça feira ocorrerá em diversas cidades a 1ª Bicicletada Extraordinária Nacional para protestar contra a violência no transito.
Em Maringá haverá uma bicicletada também!



SERVIÇO:

Concentração e saída da praça da catedral de Maringá, as 19h00.
Nesta terça feira, dia 06 de março de 2012. 

Venha! Convide seus amigos.
Todo mundo é bem vindo.
-----------------------------------------------------------------------------------------
ATENÇÃO!

Vá de preto ou com uma fita preta amarrada na bicicleta para simbolizar o luto.

Leve faixas, cartazes e panfletos para pedir paz no trânsito.

Leve um pacote de velas para o ato em homenagem aos ciclistas mortos.

O protesto é firme no propósito, mas pacífico na ação.



Mais informações na página do facebook:



BICICLETADA - QUE É?


A Bicicletada (www.bicicletada.org) é uma ciclo-passeata pacífica em que os ciclistas reivindicam seu espaço nas ruas, o cumprimento do Código de Trânsito e divulgam o uso da bicicleta como meio de transporte.
É a versão brasileira da "Massa Crítica" (http://criticalmasshub.com), protesto que acontece em várias cidades ao redor do mundo e que teve início há 10 anos em São Francisco.

Objetivos, Motivações
No Brasil, o Código de Trânsito traz uma série de artigos que regulamentam o uso da via pública pela bicicleta e determinam normas de segurança, como a obrigatoriedade de o motorista guardar 1,50m de distância ao ultrapassar o ciclista.

Porém essas normas não são cumpridas, muitas vezes por falta de informação por parte dos motoristas, muitas vezes por absoluto descaso das autoridades de trânsito com os ciclistas.
Por outro lado, freqüentemente o próprio ciclista não conhece seus direitos e deveres no trânsito e não consegue estabelecer uma convivência segura com os outros veículos.
A Bicicletada luta para virar esse jogo.

Organização da bicicletada
A Bicicletada não é vinculada a qualquer entidade ou empresa. É organizada e realizada pelos seus participantes. Não tem líderes ou guias e não impõe regras. É uma manifestação espontânea em que todos são responsáveis pela organização e condução da passeata. As discussões ocorrem em listas e reuniões.

Como é a Passeata
O trajeto das passeatas é variado, mas todas as passeatas têm a característica de serem passeios leves, em baixa velocidades, de maneira que todas as pessoas interessadas possam acompanha-la, mesmo que não tenha um bom preparo físico.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Bicicletada de Natal

Bicicletada de natal!
Terça feira, dia 13 de dezembro de 2011.
Concentração e saída da praça da catedral, as 19h30.




O que é a Bicicletada?


A Bicicletada é um movimento no Brasil e em Portugal inspirado na Massa Crítica, onde ciclistas se juntam para reivindicar seu espaço nas ruas.

Não existe um objetivo central, mas diversos objetivos sempre decididos pelos participantes. No entanto um mote em geral une os participantes. A Bicicletada serve para divulgar a bicicleta como um meio de transporte, criar condições favoráveis para o uso deste veículo e tornar mais ecológicos e sustentáveis os sistemas de transporte de pessoas, principalmente no meio urbano.

A Bicicletada, assim como a Massa Crítica, não tem líderes ou estatutos, o que leva a variações de postura e comportamento de acordo com os participantes de cada localidade ou evento.

Dentre a pluralidade de motes, está o lema "um carro a menos", usado principalmente para tentar obter um maior respeito dos veículos motorizados que trafegam nas ruas saturadas das grandes cidades. Outro slogan levantado é o "Nós somos o trânsito". A idéia é deixar claro aos motoristas que a bicicleta é apenas mais um componente da mobilidade urbana e que merece o devido respeito.


Objetivos

  1. Pedalar;
  2. Divulgar, estimular, promover e criar condições favoráveis para o uso da bicicleta como meio de transporte;
  3. Integrar os ciclistas da cidade e valorizar a cultura da bicicleta;
  4. Conscientizar os usuários dos meios de transporte motorizados da importância da bicicleta para aliviar os congestionamentos;

A ideia é celebrar a ocupação das ruas, festejar e fomentar a harmonia no espaço que é de todos. Harmonia, alegria e celebração são as palavras de ordem.

O que é NÃO é legal fazer durante a Bicicletada: frown

--Insultar verbalmente e ou agredir pedestres, motoristas, passageiros de coletivos e pessoas nos bares, mesmo se eles provocarem
--Provocar as mulheres na rua. Tanto elas como as mulheres da bicicletada podem se sentir ofendidas
--Andar com a bicicleta nas calçadas
--Correr na frente para bloquear o tráfego antes da massa chegar
--Andar na contra-mão
--Esquecer de sorrir, acenar e falar com outras pessoas
--Imaginar que você é moralmente superior só porque está pedalando uma bicicleta
--Abster-se de dizer aos companheiros o que você acha do seu comportamento, seja bom ou ruim. Converse com os outros!
--Interromper desnecessariamente acessos que não serão utilizados pelo passeio
--Usar pistas que não são necessárias. Se houver múltiplas faixas, vamos liberar algumas para os veículos mais rápidos
--Esquecer que todos somos responsáveis por fazer a massa crítica que nós queremos.

O que é legal fazer durante a Bicicletada: biggrin

>>Fantasiar-se para chamar a atenção e alegrar o movimento
>>Distribuir panfletos aos pedestres e motoristas explicando porque estamos ali
>>Conversar com o ciclista do lado, fazer amigos e se divertir
>>Cuidar da segurança de todos
>>Abordar amigavelmente aqueles que estão desrespeitando os pedestres e motoristas
>>Distribuir flores e conversar com outras pessoas, passageiros de ônibus e motoristas
>>Convidar as pessoas a se juntarem a nós na próxima vez
>>Ajudar veículos presos atrás da massa a sair para a direita
>>Diminuir a marcha regularmente se você estiver na frente (não importa o quão devagar você acha que está pedalando, lacunas estarão se abrindo atrás de você)
>>Parar no semáforo vermelho quando estiver na frente para permitir que o resto da massa se junte a você
>>Continuar pedalando no semáforo vermelho se a massa já estiver atravessando o cruzamento, pois ficar juntos é mais seguro e previsto por lei
>>Preencher lacunas; massa crítica depende da densidade de bicicleta em relação ao automóvel
>>Lembrar-se que o prazer e o convívio são mais subversivos do que a raiva e provocação.

Não odiamos os carros, amamos bicicleta!

Atenção: Em caso de acidente anote a placa do veículo, veja se alguém precisa de ajuda. Caso a pessoa esteja bem, deixe para os mais calmos e experientes resolverem a situação e volte a pedalar pois a massa não pode parar.


Como participar


Para participar da Bicicletada, basta comparecer no local do encontro no dia e horário combinado.

Não é preciso fazer qualquer tipo de inscrição ou pagar qualquer taxa. É recomendável que você vá de capacete, mas, caso não o possua, não deixe de participar por causa disso.

Os roteiros são decididos na hora e podem ser realizados por ciclistas de todos os níveis, inclusive iniciantes. Você pode trazer seus próprios panfletos, cartazes ou faixas ou participar das manifestações já existentes.

Se você é motorista e não pode participar da Bicicletada pedalando, seu apoio também é bem vindo, seja divulgando a causa, seja respeitando o ciclista no seu dia a dia.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Fotos da bicicletada em Maringá - Dia Mundial sem carro

olá!
Seguem fotos da bicicletada do dia Mundial sem carro
https://picasaweb.google.com/111595472027187914956/Bicicletada26092011

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Hoje, Dia mundial sem carro

Em comemoração ao dia mundial sem carro (22/09/2011) hoje haverá uma bicicletada em Maringá!
Concentração e saída da praça da catedral, as 18h00.
Venha pedalar conosco!!!

quinta-feira, 16 de junho de 2011

pedala Maringá !

Blog bacana que traz dicas de cicloviagens, curiosidades, passeios de bicicleta.
Também tem a lista de grupos de ciclistas que organizam passeios semanais em Maringá!

Vá lá!www.pedalamaringa.com.br

terça-feira, 14 de junho de 2011

video de homenagem a Antônio Bertolucci

http://twixar.com/ravjR3QAyNl

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Ciclista morre atropelado em São Paulo.

fonte:
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,ciclista-morre-atropelado-na-avenida-sumare--em-sao-paulo,731782,0.htm

Rodrigo Burgarelli - 
O Estado de S. Paulo
O ciclista Antonio Bertolucci, de 68 anos, morreu nesta segunda-feira, 13, após ser atropelado por um ônibus em uma alça de acesso à Avenida Sumaré, na zona oeste de São Paulo. Bertolucci era presidente do Conselho de Administração do Grupo Lorenzetti, fabricante de duchas e chuveiros. O ciclista chegou a ser levado para o Hospital das Clínicas, mas morreu um minuto após dar entrada, às 9h36 da manhã.

O acidente ocorreu quando o ciclista passava ao lado da Praça Caetano Fraccaroli, que dá acesso à avenida. Segundo relatos de testemunhas, Bertolucci teria perdido o equilíbrio e caído no chão. Um ônibus de uma empresa de turismo estaria passando ao seu lado neste momento e seria o responsável por atropelar o empresário.
Ciclistas e cicloativistas estão organizando uma manifestação marcada para as 19h de hoje, no mesmo local do acidente. Eles prometem instalar uma "ghost bike" - bicicleta pintada de branco que simboliza a morte de um ciclista - e fazer uma homenagem com velas e flores. A principal reivindicação é chamar atenção para o art. 201 do Código de Trânsito Brasileiro, que determina que veículos somente devem ultrapassar bicicletas quando houver uma distância lateral de 1,5 metro.

Passeios diários. Antonio também era acionista do Grupo Lorenzetti. A empresa foi fundada por seu avô, Alessandro Lorezentti, em 1923, e até hoje é controlada pela família. Ele trabalhava lá desde seus 18 anos de idade - neste ano, havia completado 50 anos no grupo. A sede da empresa funciona na Mooca, na zona leste de São Paulo, para onde o ciclista ia todo dia de carro após passear duas horas de bicicleta.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

domingo, 17 de abril de 2011

Saiba o que é uma bicicletada

A bicicletada ou Massa crítica é uma ciclopasseata PACIFICA, e tem por intenção o incentivo ao uso da bicicleta como meio de transporte, dar visibilidade  ao meio de locomoção no transito e , que na maioria das vezes nao é respeitado como tal.
Segundo o Código de Transito brasileiro, a bicicleta é classificada como meio de transporte, tem regras tais como os veículos motorizados.
Consta, por exemplo,   que um veículo motorizado, ao ultrapassar uma bicicleta deverá guardar  distancia minima lateral de 1,50m.

Bicicletada também é celebração da escolha dos participantes pela bike como meio de transporte. É reunir amigos e brindar uma vida mais saudável e feliz. É também pedir mais paz no transito.

Pergunta para pensar: por que é considerado anormal uma rua cheia de bicicletas  e normal uma rua congestionada de automóveis?

Não odiamos os carros, amamos bicicletas!

Abaixo um video da bicicletada a fantasia que rolou em SP em março deste ano e reflete o espirito da ciclopasseata:


Fantasia from Videocubo on Vimeo.


Todo segundo sabado do mes, em Maringa!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Bicicletada em Maringá - 02 anos!

A Bicicletada é um movimento pacífico que busca a promoção dos transportes
não-motorizados, propagando a viabilidade dos veículos a propulsão
humana e reivindicando os direitos de seus usuários. Por se tratar de
um movimento horizontal, caracterizado essencialmente pelo encontro
mensal de ação direta, existem variações de objetivo.
Ocorre em diversas cidades brasileiras, inclusive em Maringá.

A primeira Bicicletada de Maringá aconteceu em abril de 2009 buscando
ocupar as ruas com bicicletas, patins, skates e outros meios de
transporte não-motorizados, fazendo com que esses meios de transporte tivessem mais visibilidade no trânsito e assim, obter mais respeito.
O movimento tem ocorrido de forma esporádica ao
longo destes 2 anos, além disto foram organizados os desafios
intermodais colocando em prova o desempenho dos meios de transporte.

A intenção é que a partir desta biciletada, o evento se torne mensal
sendo realizado sempre no segundo sábado do mês, devendo a galera se
reunir as 9h30 na praça da Catedral.

Serviço: 
bicicletada em Maringá
09 de abril de 2011 - sábado
Concentração e saída da praça da catedral. 


Mais informações:
www.bicicletada.org/maringa

segunda-feira, 21 de março de 2011

imagens da última bicicletada

Fotos da bicicletada: https://picasaweb.google.com/bicicletadamaringa/Bicicletada18032011?feat=email#
Video do encerramento da Bicicletada que ocorreu em Maringá dia 18 de março de 2011.

No final da ciclopasseata que ocorreu na semana passada, todos os participantes deitaram no chão, em protesto e solidariedade aos ciclistas atropelados por um golf preto em Porto Alegre dia 25 de fevereiro deste ano.
A partir de abril, haverá uma bicicletada mensalmente, sempre no segundo sábado do mês.


A Bicicletada é um movimento no Brasil e em Portugal inspirado na Massa Crítica, onde ciclistas se juntam para reivindicar seu espaço nas ruas.

Não existe um objetivo central, mas diversos objetivos sempre decididos pelos participantes. No entanto um mote em geral une os participantes. A Bicicletada serve para divulgar a bicicleta como um meio de transporte, criar condições favoráveis para o uso deste veículo e tornar mais ecológicos e sustentáveis os sistemas de transporte de pessoas, principalmente no meio urbano.

A Bicicletada, assim como a Massa Crítica, não tem líderes ou estatutos, o que leva a variações de postura e comportamento de acordo com os participantes de cada localidade ou evento.

Dentre a pluralidade de motes, está o lema "um carro a menos", usado principalmente para tentar obter um maior respeito dos veículos motorizados que trafegam nas ruas saturadas das grandes cidades. Outro slogan levantado é o "Nós somos o trânsito". A idéia é deixar claro aos motoristas que a bicicleta é apenas mais um componente da mobilidade urbana e que merece o devido respeito.



Objetivos

  1. Pedalar;
  2. Divulgar, estimular, promover e criar condições favoráveis para o uso da bicicleta como meio de transporte;
  3. Integrar os ciclistas da cidade e valorizar a cultura da bicicleta;
  4. Conscientizar os usuários dos meios de transporte motorizados da importância da bicicleta para aliviar os congestionamentos;

A ideia é celebrar a ocupação das ruas, festejar e fomentar a harmonia no espaço que é de todos. Harmonia, alegria e celebração são as palavras de ordem.

O que é NÃO é legal fazer durante a Bicicletada: frown

--Insultar verbalmente e ou agredir pedestres, motoristas, passageiros de coletivos e pessoas nos bares, mesmo se eles provocarem
--Provocar as mulheres na rua. Tanto elas como as mulheres da bicicletada podem se sentir ofendidas
--Andar com a bicicleta nas calçadas
--Correr na frente para bloquear o tráfego antes da massa chegar
--Andar na contra-mão
--Esquecer de sorrir, acenar e falar com outras pessoas
--Imaginar que você é moralmente superior só porque está pedalando uma bicicleta
--Abster-se de dizer aos companheiros o que você acha do seu comportamento, seja bom ou ruim. Converse com os outros!
--Interromper desnecessariamente acessos que não serão utilizados pelo passeio
--Usar pistas que não são necessárias. Se houver múltiplas faixas, vamos liberar algumas para os veículos mais rápidos
--Esquecer que todos somos responsáveis por fazer a massa crítica que nós queremos.

O que é legal fazer durante a Bicicletada: biggrin

>>Fantasiar-se para chamar a atenção e alegrar o movimento
>>Distribuir panfletos aos pedestres e motoristas explicando porque estamos ali
>>Conversar com o ciclista do lado, fazer amigos e se divertir
>>Cuidar da segurança de todos
>>Abordar amigavelmente aqueles que estão desrespeitando os pedestres e motoristas
>>Distribuir flores e conversar com outras pessoas, passageiros de ônibus e motoristas
>>Convidar as pessoas a se juntarem a nós na próxima vez
>>Ajudar veículos presos atrás da massa a sair para a direita
>>Diminuir a marcha regularmente se você estiver na frente (não importa o quão devagar você acha que está pedalando, lacunas estarão se abrindo atrás de você)
>>Parar no semáforo vermelho quando estiver na frente para permitir que o resto da massa se junte a você
>>Continuar pedalando no semáforo vermelho se a massa já estiver atravessando o cruzamento, pois ficar juntos é mais seguro e previsto por lei
>>Preencher lacunas; massa crítica depende da densidade de bicicleta em relação ao automóvel
>>Lembrar-se que o prazer e o convívio são mais subversivos do que a raiva e provocação.

Não odiamos os carros, amamos bicicleta!

Atenção: Em caso de acidente anote a placa do veículo, veja se alguém precisa de ajuda. Caso a pessoa esteja bem, deixe para os mais calmos e experientes resolverem a situação e volte a pedalar pois a massa não pode parar.
fonte: www.bicicletada.org

quinta-feira, 3 de março de 2011

Bicicletada Solidária continental - nesta sexta feira

Pelo motivo do atropelamento dos ciclistas na cidade de Porto Alegre na sexta-feira passada, todos os habitantes  estão convidados a construir uma Massa Crítica Solidária (Bicicletada) continental a realizar-se em cada uma das nossas cidades na América do Sul.

Em algum momento no dia 4 de março de 2011, nesta sexta-feira, vamos andar com a nossa bicicleta, seja sozinho, seja em grupo, pensando e repensando nas imagens que vimos e mais uma vez, as bicicletas e os seres humanos, os ciclistas, os colegas ... voando pelo ar!

Imaginem-se todos e em cada um de nós, e dediquem um desejo, uma palavra, um gesto ou ação com o objetivo que em breve, logo que possível, novamente pedalar, em uma rua de uma cidade de um país ...  da América do Sul!

Bicicleteada Solidaria Continental: apoyo a ciclistas atropellados en PoA
Cada ciclista, cada calle, cada ciudad, cada país… de América del Sur
Con motivo del atropello de ciclistas de la ciudad brasileña de Porto Alegre el viernes próximo pasado, se invita a ke construyamos una Bicicleteada Solidaria Continental a efectuarse en cada una de nuestras ciudades de Sud América.
Durante un momento de la jornada del día viernes 4 de marzo de 2011, montemos nuestra bici, sola, solo, en compañia, pensando y repensando en las imágenes ke hemos visto una y otra vez de esas bicis y esos seres humanos, ciclistas, colegas… volando por los aires!!
Imaginemos ser cada una y cada uno de ellos y dedikemos un deseo, una palabra, un gesto o una acción con el objetivo de ke pronto, lo más pronto posible, vuelvan a ser ciclistas, en una calle, en una ciudad, en un país… de América del Sur.
Suerte y gracias.


Se possível, faça seu registro fotográfico e encaminhe para bicicletadamaringa@yahoo.com.br para colocarmos no blog para divulgação.

Mais informações:
http://www.facebook.com/event.php?eid=192136827486935
 

quarta-feira, 2 de março de 2011

Bicicletada em março!

Em março a Bicicletada será realizada junto com a programação de recepção aos  calouros da UEM e ocorrerá dia 18-03-2011 com a concentração as 17h30 em frente ao estacionamento do RU.
Na programação constam diversas atividades culturais e oficinas,  dentre estas destaco duas: Stencil(estampa em camiseta)  dia 03/03 e Conserto de bicicletas em 06/03. Os locais e horários ainda não foram definidos.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

bicicletada em Maringá

dia 21/12, terça feira
concentraçao e saida da praça da catedral as 19h30.
O que é?
A Bicicletada (www.bicicletada.org) é uma ciclo-passeata em que os
usuários de bicicleta reivindicam seu espaço nas ruas, o cumprimento
do Código de Trânsito e divulgam o uso da bicicleta como meio de
transporte.

É a versão brasileira da "Massa Crítica" (http://criticalmasshub.com),
protesto que acontece em várias cidades ao redor do mundo e que teve
início há 10 anos em São Francisco.

Objetivos, Motivações
No Brasil, o Código de Trânsito traz uma série de artigos que
regulamentam o uso da via pública pela bicicleta e determinam normas
de segurança, como a obrigatoriedade de o motorista guardar 1,5m de
distância ao ultrapassar o ciclista.

Porém essas normas não são cumpridas, muitas vezes por falta de
informação por parte dos motoristas, muitas vezes por absoluto descaso
das autoridades de trânsito com os condutores de bicicleta .

Por outro lado, freqüentemente o próprio ciclista não conhece seus
direitos e deveres no trânsito e não consegue estabelecer uma
convivência segura com os outros veículos.

A Bicicletada luta para virar esse jogo.

Onde, Quando?
Dia 21/12 as 19h30, na praça da Catedral, alguns condutores de
bicicleta  se reúnem para uma passeata ciclística em que se procura
conscientizar os motoristas quanto às leis de trânsito que envolvem
questões de segurança e respeito à bicicleta e chamar a atenção dos
poderes públicos e dos cidadãos para a importância de seu uso como um
meio de transporte limpo, rápido, saudável e viável. As Passeatas
estão organizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre,
Florianópolis e Brasília.

Organização da bicicletada
A Bicicletada não é vinculada a qualquer entidade ou empresa. É
organizada e realizada pelos seus participantes. Não tem líderes ou
guias e não impõe regras. É uma manifestação espontânea em que todos
são responsáveis pela organização e condução da passeata. As
discussões ocorrem em listas e reuniões. Mais informações acesse o
site www.bicicletada.org.

Como é a Passeata
O trajeto das passeatas é variado, percorrendo um percurso
consensualmente decidido. Mas todas as passeatas têm a característica
de serem passeios leves, em baixa velocidades, de maneira que todas as
pessoas interessadas possam acompanha-la, mesmo que não tenha um bom
preparo físico.

Durante a passeata, os ciclistas tomam iniciativas como o uso de
máscaras antipoluição, a distribuição de panfletos, a exibição de
cartazes e faixas e a conversa com motoristas e pedestres. Toda forma
de manifestação que atenda aos objetivos da passeata é bem vinda e os
participantes são incentivados a participar ativamente e a usar sua
criatividade e bom humor.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Última bicicletada do Ano!!!!

Bicicletada de Natal!!!
Será na próxima terça feira, dia 21/12.
Concentração e saída da praça da catedral.as 19h30.
 Venha pedalar conosco!

sábado, 13 de novembro de 2010

II Ecobike

E II Eco Bike - em comemoração ao Dia do Rio.

Será no dia 21nov2010 - Domingo

1.Concentração no estacionamento do Shopping Mandacaru, na Av. Mandacaru (Próximo à Estância Gaúcha) - das 7h30 às 8h00.
Obs.: para quem necessitar, será disponibilizado estacionamento para veículos (com segurança do Shopping)

2. Programação do Eco Bike  
Saída das 8h00 às 8h15 - pela ciclovia da Av. Mandacaru em direção à PUC/Contorno Norte. Aprox. 3,5 Km, piso em concreto e asfalto.
Circuíto em estrada rural (cascalho e terra) - Aprox. 17 km.
Obs.: será realizado num trecho do circuíto, uma parada para o lanche e uma breve reflexão sobre os nosso rios...
O retorno será pela ciclovia da Av. Mandacaru até o Shopping, com chegada prevista entre às 11h30 e 12h00.

3. ESTRUTURA
A Sanepar disponibilizará veículos para o transporte de bikes e/ou pessoas que necessitarem de apoio.
Teremos acompanhamento de mecânico de bike.
A Polícia Ambiental - Força VERDE fará escolta do evento.

4. IMPORTANTE
Para efetuar a inscrição é necessário solicitá-la por e-mail (para: fjafreire@sanepar.com.br), informando o nome completo, a idade e o tamanho de camiseta (P - M - G - GG). A camiseta será entregue no dia do evento. Só poderão se inscrever pessoas maiores de 14 anos.

Terá direito  à camiseta do evento os 120 primeiros participantes que fizerem a inscrição e doarem pelo menos 1 kg de alimento não perecível (preferencialmente, arroz, feijão e macarrão) que serão doados à instituição beneficente "SOPÃO DA DONA TEREZA E AMIGOS".

O alimento pode ser entregue na hora do evento ou antecipadamente na Sanepar - Av. Pedro Taques, 1381, com Chico, Zenilda, Ivone ou Nerliane.

Atenciosamente

Francisco José Azevedo Freire
Cia. de Saneamento do Paraná - Sanepar
Comitê da Qualidade
Coordenador do II Eco Bike
Maringá - Pr.
(44)8415-0745